Imposto sobre compra de moeda estrangeira deve ser zerado até 2028


Foi publicado, no Diário Oficial da União, o Decreto que reduz a zero as alíquotas do Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou relativas a Títulos ou Valores Mobiliários (IOF), incidentes sobre operações de câmbio.


A redução será aos poucos para não causar tantos impactos, por isso, será escalonada em oito anos, já que, nos dias atuais, a alíquota de IOF sobre câmbio é de 6,38% e a taxação para aquisição de moeda estrangeira em espécie é de 1,1%.


Com relação à essa redução, os empréstimos inferiores a 180 dias, realizados no exterior, terão IOF zerados ainda esse ano (2022) e, a partir de 2023, a alíquota que incide sobre o uso de cartões de créditos no exterior deve reduzir um ponto percentual até o ano de 2027 e, em 2028, será totalmente zerada.


O imposto como um todo será zerado até 2028.


Fonte: G1